Skip to main content
duas pessoas apertando as maos

6 dicas para contratar um desenvolvedor de aplicativo para seu projeto

O desenvolvimento de aplicativos é hoje um dos principais produtos de empresas que buscam se aproximar e oferecer facilidades para seus consumidores. Mas você sabe quais as melhores formas de contratar um desenvolvedor de aplicativo?

Quem investe em um projeto assim espera encontrar o profissional ideal: qualificado, com disponibilidade e que cumpra os prazos acordados.

Neste artigo, mostramos a você o que é preciso para contratar um desenvolvedor de aplicativo para seu projeto e de que forma lidar com os termos técnicos e cobrar as entregas necessárias. Confira as dicas!

1. Conheça as características do mercado de aplicações mobile

iPhone com aplicativos feitos por um desenvolvedor de aplicativo
O mercado para os desenvolvedores de aplicativo é enorme.

Se você é um profissional de RH e não tem total conhecimento técnico sobre o que solicitar de um candidato a essa vaga, a primeira dica é: familiarize-se com as características do mercado de aplicações mobile.

Isso significa buscar conhecer as informações básicas que podem nortear o seu trabalho, como por exemplo:

  • Entender em qual plataforma será desenvolvido o app: Android, iOS ou nos dois simultaneamente;
  • Entender o que significa aplicativo híbrido ou cross-plataform;
  • Saber se a aplicação será nativa, web ou híbrida.

Só para esclarecer, o aplicativo pode ser híbrido entre Android e iOS (sistema operacional) ou híbrido entre nativo e web (quanto sua natureza de execução). Isso será explicado abaixo!

Essas informações são de extrema importância, pois um desenvolvedor de aplicativo Android deverá ter habilidades e conhecimentos específicos. Assim como acontece com o desenvolvedor iOS e híbridos.

Conheça algumas habilidades necessárias para contratar desenvolvedores conforme a plataforma exigida:

Habilidades necessárias de um desenvolvedor de aplicativos Android

Um programador de apps Android possui grande valor de mercado, visto que 70% dos smartphones usam esse sistema no mundo todo. Sabendo disso, na hora de contratar um desenvolvedor de aplicativos Android, preste atenção nesses pontos:

  • Conhecimento e experiência em linguagem Java ou Kotlin;
  • Aprendizado de SDK Android (para cada versão do Android, um SDK correspondente é lançado);
  • Domínio de API REST;
  • Experiência com o armazenamento offline, threading e otimização de desempenho;
  • Projeção, construção e manutenção de alto desempenho e;
  • Conhecimento do ambiente Android de código aberto e bibliotecas disponíveis para tarefas comuns.

Habilidades necessárias de um desenvolvedor de aplicativos iOS

Assim como o mercado Android, um programador de apps iOS está em um mercado consolidado, construído pela Apple e seus aparelhos de topo de linha. Na hora de contratar um programador de apps iOs, observe:

  • Conhecimento e experiência em linguagem Swift ou Objective-C;
  • Aprendizado de XCode (para cada versão do iOS, um XCode correspondente é lançado);
  • Conhecimento em Constraints e StackView para construção de layouts;
  • Experiência com requisições para web services e a trabalhar com dados offline.

Habilidades necessárias de um desenvolvedor de aplicativo híbrido

Esse profissional é mais qualificado que os demais, já que possui conhecimento sobre o desenvolvimento de aplicativos em apenas uma linguagem e que compilam para Android e iOS.

Algumas habilidades necessárias são:

  • Conhecimento em React Native (cross-platform);
  • Experiência com framework -Xamarin (cross-platform);
  • Conhecimento em PhoneGap e Ionic (híbrido);

É importante salientar que mesmo que esse profissional exija uma remuneração maior, ao optar por um desenvolvimento multiplataforma a empresa conseguirá uma redução de custos de desenvolvimento.

Isso acontece porque ao invés de ter times atuando em duas plataformas, será preciso apenas um time para criar o app que funcionará tanto em iOS como no Android.

Diferença entre aplicativos nativos, web e híbridos

Na hora da criação de um aplicativo, além do tipo de profissional e área, é necessário escolher se a aplicação será nativa, web ou híbrida. Mas o que isso significa?

Uma aplicação nativa representa o estereótipo que a palavra “aplicativo” traz: um aplicativo que pode ser baixado na App Store ou Play Store do seu celular. São escritos por linguagens específicas de cada sistema operacional (Objective-C e Swift para iOs e Java ou Kotlin para Android).

Por serem dedicados à um sistema operacional, possuem mais personalização e performance se comparados com os outros tipos de aplicações. Eles podem ter acesso às funções do seu celular como câmera, microfone, GPS, contatos…

Uma aplicação web pode ser chamada de site para dispositivos móveis. Não está disponível na App Store e precisa ser acessada por um navegador como Google Chrome. São escritos majoritariamente por linguagens de front-end: HTML5, CSSS e Javascript.

Costumam ser mais lentas por depender da internet e não têm acesso a nenhuma função do seu dispositivo. A GeekHunter é uma aplicação web!

2. Salário de desenvolvedor de aplicativos

pilha de moedas ilustrando o salário de um desenvolvedor de aplicativos

Ter ciência da média salarial de um desenvolvedor de aplicativo é fundamental para que você consiga estabelecer o quanto a sua empresa poderá oferecer para ter esse profissional em seu time.

Além disso, ao conhecer o mercado de aplicações mobile você conseguirá definir as habilidades e o grau de senioridade do desenvolvedor que sua empresa precisa. Assim como o grau de complexidade de seu projeto e demais variáveis.

De acordo com a Glassdoor, a média salarial de um desenvolvedor de aplicativos é de R$5.500, com mais de 370 relatos, o que traz confiabilidade ao número.

As vagas em aberto na Geekhunter oferecem uma média salarial um pouco maior que esse número, entre R$7.000 e R$9.000. Claro que existem vagas nível Sênior que pagam mais e nível júnior que pagam menos.

Para você ter uma noção e entender a faixa salarial de programadores de apps, veja essa tabela:

Senioridade do desenvolvedor de aplicativoFaixa salarial correspondente
De 0 a 2 anosEntre R$2.000 e R$4.000
De 2 a 4 anosEntre R$4.000 e R$7.000
De 4 a 6 anosEntre R$7.000 e R$10.000
Mais de 6 anosMais de R$10.000

Qual o salário ideal para um programador de apps? Vai depender do orçamento que a empresa possui para esse projeto e o tamanho do time. Se o desenvolvedor de aplicativos estiver sozinho, ele exigirá um salário maior, mas se possuir menos responsabilidades, receberá menos. Isso tudo depende.

3. Atenção ao job description de desenvolvedor de aplicativo

desenvolvedor de aplicativo escrevendo num caderno e olhando para o computador
O Job description é um dos primeiros contatos que o candidato tem com a sua empresa, ele deve ser certeiro.

Criar um bom job description é fundamental para realizar uma contratação de sucesso para sua empresa.

Por isso, dedique-se a trabalhar com informações claras e completas que deixem claro os objetivos da vaga e qual o papel do novo colaborador na empresa. Alguns pontos importantes:

  • Detalhe as competências técnicas necessárias para o preenchimento da vaga: especializações, conhecimentos e experiências;
  • Informe sobre a remuneração e os benefícios;
  • Descreva sua empresa e destaque seus valores missões, e determinados pontos da cultura organizacional;
  • Deixe claro as responsabilidades do cargo;
  • Incluia qualquer informação que você considerar relevante para o seu futuro desenvolvedor de aplicativo;
  • Aposte em um título atraente, que chama a atenção e apresente exatamente a descrição da vaga.

4. Avalie o fit cultural dos candidatos

pessoas em reuniao de negocios

Além de todas as habilidades e competências técnicas exigidas para o cargo, é fundamental que os valores e ideias do candidato também estejam alinhados com a cultura da organização.

Por isso, avalie o perfil comportamental necessário para que o candidato faça parte da equipe e deixe claro os valores que importam para a empresa.

Essa etapa do processo pode ser crucial para que sejam evitados turnovers e se assegure e retenção de talentos de TI.

O fit cultural vai além de cultivar os mesmos valores da empresa. Esse ponto é importantíssimo, mas é preciso atentar à como o novo colaborador irá se comportar junto ao time ou pessoas diretamente ligadas à esse projeto.

Dica bônus: Soft Skills!

Já foram citadas as Hard Skills necessárias para um programador de apps Android e iOS, agora é hora de falar sobre as habilidades comportamentais do candidato.

É recomendado que você busque profissionais que sejam capazes de se adaptar à diferentes situações dentro de projetos. Na hora da entrevista, você pode perguntar como o candidato lidou com algo que saiu do controle ou quando teve uma entrega recusada e teve que refazer tudo.

Além disso, ter facilidade em trabalhar em equipe é fundamental. Por mais que o desenvolvedor de aplicativos seja contratado de forma isolada, terá que lidar com outras pessoas envolvidas.

Questões como motivação, habilidade em tomadas de decisão e facilidade de comunicação também são aspectos importantes de analisar na hora de contratar um desenvolvedor de aplicativo.

Um último ponto a ser destacado antes de passarmos para a próxima dicas é a organização. Tanto da vida pessoal, quanto da gestão do projeto e das entregas, o desenvolvedor de apps que for trabalhar para a sua empresa não pode se perder nas demandas, atrasar entregas e gerar confusão, certo?

5. Aposte na tecnologia para esse recrutamento

homem mexendo num tablet

Dificilmente você encontrará um desenvolvedor de aplicativos qualificado procurando emprego. A demanda do mercado está alta e o profissional que você procura hoje provavelmente está empregado, por isso é importante fazer o hunting de maneira correta.

Apostar em soluções tecnológicas com foco no recrutamento é um dos melhores investimentos a se fazer ao buscar por um desenvolvedor de aplicativo.

Melhor ainda se essa solução for especializada na contratação de profissionais de tecnologia, como é o caso da Geekhunter.

A empresa é reconhecida por estar transformando o mercado de recrutamento e seleção de profissionais de TI, oferecendo uma experiência única a candidatos e recrutadores.

Utilizando ferramentas de inteligência artificial e machine learning usadas em conjunto com os conceitos mais atuais de recrutamento, a Geekhunter garante um processo mais rápido e assertivo na seleção dos melhores talentos tech.

6. Ofereça apenas o que poderá cumprir ao desenvolvedor de aplicativo

cinco pessoas fazendo fist bump

Assim como na contratação de qualquer profissional, tenha em mente que você só deve oferecer ao candidato o que poderá cumprir.

E no caso da contratação de desenvolvedor de aplicativo, alguns pontos importantes precisam ser considerados. São eles:

  • Estrutura de trabalho;
  • Ferramentas disponíveis;
  • Computadores de qualidade;
  • Softwares originais e atualizados;
  • Verba para investimento em novas tecnologias, entre outros.

Mesmo que o responsável pelo Recursos Humanos não tenha o conhecimento técnico sobre a vaga, é seu papel pesquisar e conversar com os profissionais da área para entender a importância dessa contratação.

Além disso, RH e TI devem trabalhar juntos do início ao fim da contratação. Afinal de contas, além das habilidades técnicas, o fit cultural também será avaliado.

Como citado anteriormente, contar com a adoção de uma plataforma de recrutamento e seleção especializada poderá garantir um processo mais rápido e altamente eficaz. 

Afinal de contas, mais uma vez, você poderá perceber a integração e o compartilhamento de conhecimento, alinhados ao que há de mais inovador na área de Recursos Humanos.

Precisa contratar um programador de aplicativo? Use melhor plataforma de recrutamento tech da América Latina! Se cadastre na GeekHunter agora.

Compartilhar

Redação GeekHunter

Artigos escritos pela equipe de conteúdo da GeekHunter.