Skip to main content
home office permanente

10 motivos para sua empresa adotar o home office permanente

Empresas de todo o mundo embarcaram em suas estratégias de trabalho remoto, mas o que chama atenção é que muitas estabeleceram uma estratégia de home office permanente.

Isso demonstra que, não somente por conta da última pandemia do COVID-19, mas o modelo de home office permanente tende a ser uma solução mais segura para outras ondas ou demais adversidades que podem vir a acontecer.

O movimento foi liderado por CEOs de grandes empresas de tecnologia e tem sido acompanhado por empresas de todos os portes. Como resultado, estamos observando o boom do trabalho remoto como um modelo fixo.

Mas quais os principais fundamentos para adotar o home office permanente? Vamos falar sobre dez desses motivos, confira:

1- Jovens preferem o home office permanente

jovem home office permanente

Não é novidade que os profissionais de empresas de setores como o de tecnologia e inovação preferem trabalhar mais remotamente que outros.

A explicação é que existe um número grande de jovens nestas empresas e os jovens são mais adaptados ao trabalho de casa.

Segundo pesquisa da FGV, 30% da força de trabalho para os próximos anos ainda será executada de forma remota, mesmo sem a necessidade de isolamento social. Este cenário tende a ser ainda mais amplo na perspectiva dos jovens.

Ponto de atenção com os jovens no home office permanente

Em contrapartida, a geração Z (nascidos na segunda metade dos anos 1990 até o início do ano 2010) considera como dificuldades:

  • 82,6% manter rotina horária equilibrada;
  • 60,9% manter a motivação no trabalho;
  • 56,5% manter produtividade e concentração;
  • 34,8% manter a comunicação direta.

Os números respectivos caem para 42,1%; 26,3%; 31,6% e 15,8% quando falamos dos nascidos entre os anos 40 e 60 (boomers).

O gap geracional serve para ilustrar o fato de que as gerações mais antigas, justamente por saberem lidar melhor com a divisão do profissional e do pessoal, acabam tendo um rendimento melhor de forma remota.

Por isso, por mais que os jovens se sintam mais abertos e confortáveis com o trabalho remoto, os resultados não tendem a acompanhar as expectativas quando um acompanhamento mais próximo por parte do time de RH se faz ausente.

Trabalho remoto x home office: qual a diferença para o recrutamento

2- É melhor sair na frente

O home office permanente é uma rotina em grande partes das empresas dos mais variados setores e favorece quem já se adaptou ao modelo.

Não é nem questão de vantagem competitiva, ao contrário, evitar de permanecer numa desvantagem competitiva.

Quanto mais tarde seu negócio demorar para se integrar ao home office permanente, pior.

3- O ganho de produtividade com home office permanente

Trabalhar de casa envolve mais comodidade para tocar os projetos. As regras se flexibilizam mais e permitem novas possibilidades.

Evita-se o excesso de normativas, burocracias, ritos, interrupções e demais aspectos comuns no dia a dia de qualquer escritório.

O brasileiro gasta, em média, duas horas de seu dia com deslocamento de trânsito, este número deve diminuir consideravelmente em tempos de trabalho remoto sendo convertido em produtividade.

4- Descentralização de contratações

Talvez essa seja uma das características mais impactantes do home office permanente, a descentralização de contratações para recrutadores.

Mas o que isto quer dizer?

Basicamente, você pode recrutar profissionais de qualquer região, sem se importar com aspectos regionais.

Você diminui as limitações geográficas e aumenta consideravelmente o topo de seu funil de contratações.

Isso soluciona a escassez de talentos que vivemos nas grandes cidades do Brasil, principalmente na área de tecnologia.

5- Foco nas questões críticas

O home office permanente também exige o foco naquilo que realmente é importante. O não essencial é visto como distração.

Pense nas principais tarefas e responsabilidades, ataque isso.

Uma empresa alinhada remotamente, com o foco nas questões mais importantes é uma máquina de execução.

6- Profissionais em home office são mais felizes

Mesmo antes do COVID-19, as pesquisas já indicavam que os funcionários gostavam da ideia de trabalhar em casa.

De acordo com estudo da Owl Labs de 2019, 83% dos trabalhadores em tempo integral nos EUA concordam que a capacidade de trabalhar remotamente os tornaria mais felizes.

As pessoas acreditam que trabalhar em casa torna mais fácil:

  • Melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional: na verdade, essa é a principal razão pela qual 91% dos trabalhadores remotos optam por trabalhar em casa;
  • Reduzir o estresse: 86% dos profissionais disseram que acham que um trabalho flexível ou à distância permitiria reduzir o estresse;
  • Viver um estilo de vida mais saudável: 77% dos profissionais acreditam que a flexibilidade do trabalho permitiria que eles fossem mais saudáveis comendo melhor e se exercitando mais;
  • Passar mais tempo com a família: 44% das pessoas que querem trabalhar em casa citam mais tempo com a família como motivo.
  • Economia de dinheiro: gastar menos com viagens, deslocamento, estacionamento, almoços e roupas também é um aspecto que pesa bastante.

7- Aumento da retenção de profissionais

Mais home office = menos turnover.

O home office permanente aumenta a taxa de retenção de colaboradores e existem dados para provar este ponto:

  • 74% dos funcionários entrevistados concordam que a capacidade de trabalhar remotamente os tornaria menos propensos a deixar o empregador segundo o mesmo estudo citado anteriormente.

Já outro estudo, de 2017, da OwlLabs, apontou que as empresas que permitem trabalho remoto experimentam 25% menos rotatividade de funcionários do que as empresas que não permitem.

Contra dados não há argumentos. Mais um ponto para o home office permanente.

Turnover em TI: como engajar e reter profissionais tech?

8- Redução de custos

Para empresas que desejam cortar custos, mudar para home office permanente é uma ótima opção.

Neste modelo, os funcionários não estão em suas mesas 50-60% do tempo. Pense em quanto tempo e espaço desperdiçado isso representa.

Isso representa:

  • redução dos custos imobiliários;
  • diminuição da rotatividade;
  • menos absenteísmo para o RH.

Existe uma relação entre prevenção e reação, proporcionando também uma melhor resposta para novas crises.

9- Preservação do meio ambiente

Com o distanciamento social já obtivemos benefícios imediatos na redução das emissões de carbono.

Mudar para uma força de trabalho virtual promete benefícios ainda maiores.

Um estudo de 2017 da Flexjobs estima que se todos que podiam e queriam trabalhar à distância metade do tempo o fizessem, a economia de gases do efeito estufa equivaleria a tirar 10 milhões de carros das estradas. Impressionante!

10- Você tem em quem se espelhar

Grandes companhias já aderem ao home office permanente, isso não é uma novidade, você não está reinventando nada e não precisa correr riscos desnecessários.

Em todos os países, uma economia de trabalho híbrida está surgindo agora, com muitos funcionários querendo combinar o trabalho em casa com o trabalho pessoal.

Você pode conferir exemplos e aprender com a experiência de quem já pavimentou esta estrada.

Empresas que aderiram ao Home Office para sempre

Facebook

Mark Zuckerberg disse que até 50% dos funcionários do Facebook irão trabalhar remotamente nos próximos cinco a dez anos.

O CEO da rede social apresentou a ideia tanto como uma questão de satisfazer os desejos dos funcionários quanto como um esforço para criar “uma prosperidade econômica mais ampla”.

“Quando você limita a contratação de pessoas que vivem em um pequeno número de grandes cidades, ou que desejam se mudar para lá, isso elimina muitas pessoas que vivem em comunidades diferentes, têm origens diferentes, têm perspectivas diferentes”, disse Zuckerberg em uma transmissão ao vivo postada em sua página do Facebook.

Shopify

Tobi Lutke, CEO da Shopify, uma plataforma de comércio eletrônico para pequenas empresas, anunciou que manterá seus escritórios fechados até 2021.

O Shopify retrabalhou seus espaços físicos para esta nova realidade. Depois disso, a maioria dos funcionários fará home office permanentemente.

“Até recentemente, o trabalho acontecia no escritório. Sempre tivemos algumas pessoas remotas, mas eles usavam a internet como uma ponte para o escritório. Isso vai reverter agora”, tuitou Lutke. “

Slack

Durante um painel de discussão moderado pela Bloomberg em 25 de junho, o CEO da Slack, Stewart Butterfield, disse que a empresa iria permitir que os funcionários trabalhassem de casa indefinidamente.

É um caminho sem volta como você pode ver, a economia se manterá híbrida com uma pequena parte tradicionalmente nos escritórios e a grande parcela contribuindo em home office permanente.

GeekHunter

A GeekHunter é um dos maiores marketplaces de recrutamento tech da América Latina e vem trabalhando 100% remotamente desde o começo de 2020.

A jornada de transição para o home office permanente foi acelerada pelo início da pandemia e o time se adaptou rapidamente durante o processo.

Mais que somente atuar de forma remota, a GeekHunter é especialista em encontrar profissionais de tecnologia remotos para o seu negócio.

Conheça a plataforma 100% remota da GeekHunter e fique à vontade para contratar talentos tech de forma assertiva garantindo economia de tempo e dinheiro.

7 motivos para contratar um desenvolvedor remoto

Compartilhar

Eduardo Silva

Copywriter na GeekHunter, busca novas experiências no universo do desenvolvimento de software por meio de histórias de valor.